<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5636482\x26blogName\x3dAs+Coisas+Tal+Como+S%C3%A3o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ipsisverbis.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ipsisverbis.blogspot.com/\x26vt\x3d-1470493087469466946', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, junho 30, 2006

Dois de Espadas

Olho-me nos teus olhos. Não tem fundo
a pura madrugada em que me afogo.

Na minha cama desfeita
ainda o calor se deita.


by: António Arnaut

segunda-feira, junho 26, 2006

Le Pen strikes again

O líder da Frente Nacional, Jean Marie Le Pen, desceu do seu trono e pronunciou-se sobre a selecção de França no Mundial 2006, criticando a falta de identidade dos franceses com a sua selecção, dizendo: "Sentimos que a França não se reconhece totalmente nesta equipa. Talvez o treinador tenha exagerado na proporção de jogadores de cor. Talvez nesta área devesse ter tido mais cuidado", passando posteriormente ao ataque a todos aqueles que não cantam o hino nacional, reiterando que não deveriam representar o seu país, aqueles que não cantassem "La Marseillese", passando a dar como exemplos concretos "Actualmente, há apenas um que não canta a 'Marselhesa'. É o senhor Barthez. Os outros cantam. Estou totalmente chocado com isso".
Enquanto o Barthez não canta o hino e enquanto continuam a jogar muitos jogadores de cor na selecção francesa e outros menos coloridos, mas descendentes de países africanos, Le Pen prepara a sua recandidatura às Presidenciais Francesas, onde pretende alcançar algo mais do que a 2ª volta atingida em 2002, na qual só perdeu dado o apelo de Chirac à união de todos os partidos anti-extrema-direita, para tornar possível a derrota de Le Pen. Chirac tremeu. Vamos ver se desta, em vez de Chirac não será outro a tremer e a tombar . O descontentamento francês com o seu presidente, e os recentes escândalos que têm assolado o Primeiro-Ministro Villepin, podem beneficiar a sucessão na Direita de Sarkozy, sendo este o candidato actual. Creio que se não for Sarkozy, então aí, sim, Le Pen poderá almejar algo mais do que a 2ª volta, podendo mesmo ser eleito! Aguardam-se os próximos capítulos!

domingo, junho 25, 2006

Os Guerreiros!

Deram um exemplo ao País, sobre como lutar perante a adversidade! Não deram 100%! Deram milhões por cento! Continuem assim e continuem a fazer-nos sonhar! Cada vez mais acreditamos que é possível ganhar qualquer coisa. Não foram 23 jogadores os escolhidos! Foram 23 Guerreiros e têm-no provado. Continuem! Venceram a Batalha de Nuremberga e agora seguem para a de Gelsenkirchen! Depois de voltarmos a comer a Holanda, vamos aos Bifes da Inglaterra!!! "Até os CUMEMOS", já dizia alguém numa mensagem na TV!

Um Serial Killer à portuguesa...

Um GNR, de 53 anos, na reserva, que matava vizinhas jovens em Santa Comba Dão e se desconfia que também as violasse. Querem mais português do que isto? E quase aposto que teria bigode e a típica barriguinha. Quanto à unha do mindinho... talvez sim, talvez não. Deixo em aberto a hipótese. O facto de ser GNR só releva mais do que ser construtor civil, porque essa profissão é cada vez mais dos ucranianos.
Depois temos as vítimas. Que entravam para o carro do "Serial Killer" a pensar que iam de boleia com o vizinho da escola para casa. Ninguém via a entrada delas no carro? Será que elas saíam da escola, quando a escola estava vazia? Como é possível que numa escola ninguém tenha reparado que, no dia em que desapareceram, tinham entrado para o carro do cabo da GNR que era "conhecido de toda a gente"? Como é possível, ainda, que, se o homem conduzia o carro, quando o fazia e as dirigia para parte incerta, elas nada faziam? Ele tinha que ter uma mão no volante, outra nas mudanças, olhos na estrada e ainda que conseguisse apontar uma arma, tinha sempre que olhar em frente. Elas não conseguiam reagir em nada, sequer?
Outra "à portuguesa". A mãe de uma das vítimas, que era uma tal de Isabel, disse não estranhar que a filha tivesse desaparecido. Só tinha 18 anos, mas era normal "fugir para França com o namorado". Nem vou comentar isto! E se durante meses não se sabia nada dela, presumia-se que realmente devia ter fugido para lá. Ou seja, a mãe nem estranha um desaparecimento sem notícias durante largo período de tempo, e ainda que tivesse mesmo fugido para França com o namorado, nem sequer se dá ao trabalho de procurar se ele realmente fugiu com ela? As coisas agora presumem-se? Uma pessoa aparentemente normal, tivesse o filho 30 ou 50 anos procurava informar-se pelo menos se alguém sabia de alguma coisa, e a 1ª fonte seria a fonte da pessoa com quem fugira, ou algum amigo próximo que soubesse alguma coisa. Quando um filho tem 18 anos, essa procura de informação naturalmente aumenta de forma substancial! Mas para esta senhora não. A filha desaparecer durante meses sem dar notícias, é normal, e presume-se que tenha fugido para França com o namorado. Procurar junto de amigos, conhecidos ou gente em comum que o namorado e a filha tivessem, não. É melhor não. Deve dar muito trabalho!
No meio disto tudo, indico mais um facto "à portuguesa": o nome do Serial Killer. A prova em como ele é tudo menos estrangeiro e esta história é tudo menos estrangeira, é o nome dele. Não tem um nome qualquer. Nem sequer Francisco, Pedro, Luís. Não! Ele é o... Tói! TÓI! Que raio de serial killer se chama... Tói? Querem mais "tuga" do que isto? Eu já destesto a palavra "tuga". Mas realmente, esta palavra denomina MESMO algo que é tipicamente português. E o nome deste gajo é mesmo TUGA! Em cada terra deste Santo País, existe um Tói, um Toni, um Calú, um Vitinho, um Zé qq coisa. Para mim, o nome dele é bestial. "Olha, sabes quem é que andou a cortar as pernas e a decapitar mulheres por aí? O Tói!", "Alarme Nacional: estripador Tói está em fuga e pode atacar a qualquer momento!". Muitos países têm Serial Killers. Em todo o lado há um, infelizmente. Mas todos eles têm nomes normais. Nós temos o nosso... Tói!
Confesso que, inicialmente, isto parecia-me mais uma rábula do Gato Fedorento, mas só quando vi isto nos jornais nacionais é que confirmei que, infelizmente, é verdade.

sábado, junho 24, 2006

"Eu"

SOU LOUCO e tenho por memória
Uma longínqua e infiel lembrança
De qualquer dita transitória
Que sonhei ter quando criança.

Depois, malograda trajetória
Do meu destino sem esperança,
Perdi, na névoa da noite inglória,
O saber e o ousar da aliança.

Só guardo como um anel pobre
Que a todo herdeiro só faz rico
Um frio perdido que me cobre

Como um céu dossel de mendigo,
Na curva inútil em que fico
Da estrada certa que não sigo.

Autor: Fernando Pessoa

sexta-feira, junho 23, 2006

Um mal nunca vem só!

Existirá pior do que estar-se um dia inteirinho doente, com mais de 39º de febre, ir ao Centro de Saúde Público, cheio de varinas, estar uma hora à espera nas urgências para se ser atendido, ser-nos prescrito algo a que somos alérgicos, levar duas injecções no rabo para cortar o efeito, e durante o tempo de espera ter que gramar com o Malato e/ou com o Nuno Eiró? É dose! Desculpem, mas merecia um Nobel. O Nobel do Sacrifício!

quarta-feira, junho 21, 2006

Mais uma vez... a ignorância Tuga!

Em dois pontos e todos sobre o Mundial!
1º: Anda toda a gente feliz a dizer que em 1997 os Simpsons dedicaram um episódio ao futebol e que o Homer Simpson é fã de Portugal, afirmando suicidar-se se Portugal perder. Já fizeram disto uma notícia, e eu agora faço disto um post, ainda que não pelos mesmos motivos. O que todos se esquecem é que os Simpsons funcionam um pouco como o South Park e satirizam com coisas da nossa sociedade, tendo escolhido para esse episódio o futebol. O futebol é visto como sendo algo aborrecido, maçador e com pouca acção (nota-se em vários pontos da parte do episódio que passou nas nossas televisões, sobretudo na parte do relatador), em que quem quer dá-lhe um dinamismo fora-de-série (como se vê pelo relatador mexicano). É ainda visto como algo sem muito valor e para demonstrar o ridículo que o futebol (soccer) é para os americanos, escolheram para simbolizar uma final entre "as duas melhores equipas do mundo" o México e Portugal, que como todos sabem, nunca ganharam nada. Foram escolhidas estas equipas, por serem vistas como equipas medianas ou medíocres à data em que foram feitos estes episódios. O México, antes do Mundial 98, nem sequer participou do Mundial de 1990 e em 1994 ficou-se pelos grupos. Logo, era visto como uma "equipazinha", já para não falar da rivalidade entre americanos e mexicanos. Portugal, não ia a um Mundial desde 1986 onde se ficou pela fase de grupos. Logo, esta suposta final entre México e Portugal, é "gozada" à força toda, para tentarem passar a imagem de ridículo que a modalidade goza (este gozo é diferente... sim, e do outro que vocês estão a pensar, também) nos States. Assim sendo, apareceu Portugal, como poderia ter aparecido a República Democrática do Congo ou o Bahrain. Não obstante tudo isso, Portugal possivelmente deverá ter sido recordado nesse episódio, porque um dos elementos da produção dos Simpsons é português. Satirizam com o facto do Pelé fazer publicidades ridículos a troco de rios de dinheiro. E outra coisa que não percebem é que o Homer não é fã de Portugal! Mas, dada a tal rivalidade entre Americanos e Mexicanos, naturalmente que os Americanos torcem por... Portugal! A sátira sobre este ponto continua ao ponto de porem os mexicanos não no público, mas a trabalhar no Estádio a servirem refeições típicas do País. Mais uma vez, a inferiorizarem o México, não a exaltarem Portugal! Abram os olhos... o Homer suicidava-se não se Portugal perdesse, mas se o México ganhasse, por ser... o MÉXICO! DUH!!! Agora, fazerem disto uma notícia nacional e dizerem que o Homer é fã de Portugal... por favor, já chega de ignorância e estupidez!
2º Toda a gente fala que temos que ficar em 1º para fugirmos à Argentina! Oiço isto 20 vezes ao dia e até já começo a ganhar aversão ao Mundial (incrível!). O que todos estes atrasados mentais se esquecem é que Portugal joga antes da Argentina, e no nosso grupo vai decidir-se quem fica em 1º antes de se saber o mesmo no grupo da Argentina. É que a forma como falam parece que é já tido como dado adquirido o facto da Argentina ficar em 1º e da Holanda ficar em 2º, quando se esquecem todos que, depois do nosso grupo estar decidido, entram Argentina e Holanda em campo, com os mesmos pontos, para jogarem... uma contra a outra! Se a Holanda ganhar à Argentina, fica em 1º e temos que apanhar os Argentinos! E eu, sinceramente, morria a rir se isso acontecesse, para da próxima acalmarem todos o que têm aos saltos e pararem de dizer que a Argentina já é 1ª classificada do grupo e temos que fugir dela!

terça-feira, junho 20, 2006

O 5 de Espadas

Ensina às minhas mãos
o caminho do teu corpo

Faz com que subam
às pequenas colinas
onde a luz indecisa
se demoram pela manhã.


by: António José Quadros

segunda-feira, junho 19, 2006

O típico Tuga

Tuga que é tuga, quando fala, presenteia-nos com pérolas raras como estas, sobretudo em tempo de Mundial:
"Queremos vencer o grupo, porque jogamos muito" --> "Mas não criem muitas expectativas sobre nós"
"Quem vier morre" -> "Mas a Argentina nos 1/8 não, porque são muito fortes"
"Somos os melhores" -> "Mas é melhor calharmos com Trinidad e Tobago nos 1/4, porque os Alemães e os Ingleses são muito fortes"
"Vamos ser campeões do Mundo" -> "Mas a República Checa nas 1/2 finais não convém, porque queremos apanhar o Brasil na final"
"Ninguém nos pára" -> "Mas temos que evitar a Armada Espanhola, senão perdemos"

Grandes Concertos 2006

O Casino Estoril está disposto a continuar a sua onda de concertos à borla, e em português, com o objectivo de arrastar malta nova! Sendo assim, dão-nos uma série de concertos a cada 5ª feira, com início a 15 de Junho e até 12 de Outubro. Assim sendo, publico aqui o Cartaz, que vale a pena conferir e assistir:
- Paulo Gonzo (15 de Junho);
- Mafalda Veiga (22 de Junho);
- David Fonseca (29 de Junho);
- Rui Veloso (6 de Julho);
- Toranja (13 de Julho);
- João Pedro Pais (20 de Julho);
- Pedro Abrunhosa (27 de Julho);
- Sara Tavares (3 de Agosto);
- Susana Félix (10 de Agosto);
- Filarmónica Gil (17 de Agosto);
- Delfins (24 de Agosto);
- Jorge Palma (31 de Agosto);
- Maria João & Mário Laginha (7 de Setembro);
- Vitorino (14 de Setembro);
- Fingertips (21 de Setembro);
- The Gift (28 de Setembro);
- Santos e Pecadores (5 de Outubro);
- Luís Represas (12 de Outubro);

Coisas que já aprendi na vida

Muita gente não merece que percamos o nosso tempo com elas, sobretudo a dar-mos tudo de nós, porque as mesmas não estão preparadas para receber o que quer que seja, e quanto mais insistirmos em dar, veremos que não fazemos outra coisa a não ser "mijar contra o vento", e vamos insistir em fazê-lo porque pensamos que mudando de posição tudo correrá melhor. Mas, acontece que, o vento não tem só uma direcção, e onde quer que nos viremos ele está lá sempre a soprar contra nós.
Resumindo: mais vale parar de vez, deixar de ser burro e aprender que se não dá, não dá. Não vale a pena insistir tantas vezes, nem dar tantas oportunidades. Só gastamos energia e tempo, com gente que não merece sequer que dêmos um passo por elas, quanto mais... uma corrida! Mas vale desistir e seguirmos a nossa vida descansados. Só assim nos damos a nós mesmos paz, e guardamos tudo o que temos para dar, para alguém que realmente o mereça. Alguém que saiba retribuir e reconhecer o que lhe é dado e que não nos coloque as culpas das coisas erradas que faz, ou mesmo tentar fazer-nos compreender, aquilo que não se compreende em lado algum, por ser inconcebível.
Aprendam, que eu também já aprendi! Há mesmo coisas que nunca mudam na vida... mudam algumas coisas, mas nunca muda tudo o que deve ser mudado.

O Ás de Espadas

Desejo errado... Se eu a tivera um dia
toda sem véus, a carne estilizada
sob o meu corpo arfando transbordada,
nem mesmo assim - ó ânsia - eu a teria..

Eu vibraria agonizante
sobre o seu corpo de êxtases dourados,
se fosse aqueles seios transtornado,
aquele sexo aglutinante.


by: Mário de Sá Carneiro

domingo, junho 18, 2006

Exames sexuais

Segundo noticia o Correio da Manhã, os Exames Sexuais sobem para 90%! O que o jornal não refere, é a taxa de passagens à cadeira, o número de candidatos/as que tiveram que ir a oral, os que tiveram que ir à época de Setembro e ainda a taxa de reprovações.
Confesso que me despertou interesse os Exames Sexuais. Já tive exames de muita coisa: Português, Filosofia, Inglês, Introdução ao Estudo ao Direito, Processo Civil, Processo Penal, DIP, e até mesmo Medicina Legal, que consistia num teste americano com perguntas muito originais, uma delas recordo-me que era sobre "o método de violação em que posteriormente se seguiu a estrangulação", e que a Processo Penal se dava um acórdão sobre a "penetração feita através de uma arma na vagina da vítima, em que o agente se entusiasmou e antes de atingir o orgasmo, disparou"! Recentemente, vi na comunicação social uma notícia em que um indivíduo se preparava para violar uma mulher, mas na hora de a penetrar... foi-se abaixo! Acontece quando se está nervoso...
Bem, tudo isto pode ser visto como diversas formas de exames sexuais. Mas, é possível que existam outros mais entusiasmantes.
Uma coisa é certa, a Ministra da Educação já fez saber que não só os examinados vão ser alvo de avaliação, como os examinadores! E a avaliação do examinador do Exame Sexual, terá diversas perguntas, entre elas: "Como classifica a prestação do examinador? Resposta: Muito Fraco; Não Satisfez; Podia Ser Melhor; Satisfez; Satisfez Bastante; Bom; Muito Booooooooom; Só de Pensar Quase Me Venho".
Por sua vez, o Ministro da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, também já fez saber que a Autoridade Examinadora tem cerca de 15 dias, para indicar ao Ministério, as saídas profissionais e a respectiva taxa de empregabilidade para todos os que ficam aprovados no Exame Sexual.

As 20.000!

O Ipsis Verbis chegou à bonita marca de 20.000 visitas. Ao/À anónimo/a que foi o/a 20.000º/ª visitante o meu muito obrigado e obrigado a todos os que têm contribuído ao longo de quase 3 anos, para que o meu blog continue.
Próximo objectivo são as 30.000 visitas. Apregoem aos 4 ventos a existência deste fantástico blog lol e quem sabe atingirei a dita marca.
Em Agosto, estão todos convidados para a festa dos 3 anos. Local a indicar brevemente!

Quando se toma uma decisão...

... há que "tê-los" no sítio!

sábado, junho 17, 2006

Assim sim!

A jogar assim vale a pena e podemos sonhar com alguma coisa! Continuem a subir de forma. Força Portugal!!!

Teria completado 80 anos...

... no dia 1 deste mês, se ainda fosse viva. Ainda é o maior sex-symbol de todos os tempos! Teria... seria... faria... mas nada disto é possível! Fica a homenagem e a lembrança!

Erotismo

Há uns tempos adquiri um baralho de cartas, cada uma com um poema erótico. De vez em quando transcreverei alguns desses mesmos poemas para aqui. Fica o 1º deles:


"Corpos nus
Vestidos de amar.
Entrega completa
Num receber e dar,
Que os amantes incendeia.

Corpos nus
Em cadência sempre desperta,
Que ao amor fazem teia."

Eduardo Roseira

quinta-feira, junho 15, 2006

O que me espera em Agosto?

Uma fantástica viagem a Itália! Finalmente! Estava difícil, mas espero que seja desta. Espero, ainda, não estar a trabalhar na altura. Vou poder conhecer um dos países que mais me fascina. Posteriormente, quem sabe, Londres e o Japão, os outros dois lugares que ambiciono conhecer. Para já, ficará a Itália.

Uns dias de férias...

Iniciarei amanhã uma série de dias de férias, os quais dedicarei a algo que já me provoca curiosidade há imenso tempo, e a que nunca me dediquei a sério: a fotografia. Vou começar por tirar fotos à cidade de Lisboa, que tanto tem para se tirar. Este bichinho intensificou-se depois de ver uma série de fotos que recebi por e-mail, relativas à minha cidade. Tentarei fazer um trabalho melhor do que o apresentado.
Brevemente trarei as fotografias aqui ao blog! Os dias de chuva não assustam. Depende sempre do ponto de vista... ver a chuva como algo positivo ou negativo. É como tudo na vida. Há perdas que são ganhos, e ganhos que são perdas. É tudo uma questão de mentalização. E, para mim, umas fotos bem tiradas, com ou sem chuva, são sempre ganhos! De Lisboa então... maior é o ganho.
Profissionalismo? Muito pouco. Vontade? Muita! Agradeço à RJ, por me ter despertado esta curiosidade há uns tempos atrás.

quarta-feira, junho 14, 2006

A Força do Guerreiro!

Um Guerreiro quando começa vai até ao fim;
É a experiência do combate que fortalece o Guerreiro.
O Guerreiro continua sem fé,
Mas segue em frente e a fé acaba por voltar.
Há sempre algo que falta;
O Guerreiro aproveita os momentos em que o tempo se detém para se equipar melhor.
A dor de ontem, é a força do Guerreiro!

segunda-feira, junho 12, 2006

Voa Voa Portugal!

Repitam a 1ª meia hora frente a Angola, e podemos sonhar com qualquer coisa!

sábado, junho 10, 2006

O meu blog

Recebo centenas (ok... o sonho comanda a vida) de reclamações sobre os temas que comento no meu blog. Se falo de futebol é porque é só futebol, se falo de política é porque é secante por ser política, se falo de amor é porque é demasiado lamechas, se ponho letras de músicas é porque não tenho criatividade. Enfim... o povo está sempre descontente!
Eu, acima de tudo, escrevo no MEU blog, o que eu sinto que devo escrever ou expor. Não faço do blog um negócio, por isso não considero ter "clientela". Naturalmente que me agrada que visitem o meu espaço, mas gostaria que houvesse compreensão no sentido de se saber que escrevo o que sinto e tenho fases. Há tempo para tudo e inspiração para tudo. E, por vezes, temas que demoram tempo a serem abordados, é porque estão à espera da altura certa para terem uma abordagem da minha parte em grande.
No entanto, a todos os insatisfeitos, não levo nada a mal as críticas. E tanto não levo a mal, que peço que me dêem sugestões sobre o que gostariam que eu falasse aqui no blog.
O contacto, é o do MSN: andreaserenni@hotmail.com

Obrigado

sexta-feira, junho 09, 2006

Love Is a Battlefield

We are young, heartache to heartache we stand
No promises, no demands
Love is a battlefield
We are strong, no one can tell us were wrong
Searchin' our hearts for so long, both of us knowing
Love Is A Battlefield

You're beggin' me to go, you're makin' me stay
Why do you hurt me so bad?
It would help me to know
Do I stand in your way, or am I the best thing you've had?
Believe me, believe me, I can't tell you why
But I'm trapped by your love, and I'm chained to your side

We are young, heartache to heartache we stand
No promises, no demands
Love Is A Battlefield
We are strong, no one can tell us we're wrong
Searchin' our hearts for so long, both of us knowing
Love Is A Battlefield

We're losing control
Will you turn me away or touch me deep inside?
And before this gets old, will it still feel the same?
There's no way this will die
But if we get much closer, I could lose control
And if your heart surrenders, you'll need me to hold

We are young, heartache to heartache we stand
No promises, no demands
Love Is A Battlefield
We are strong, no one can tell us we're wrong
Searchin' our hearts for so long, both of us knowing
Love Is A Battlefield

Autora: Pat Benatar

quinta-feira, junho 08, 2006

Top 5 de Beleza do Mundial

Pela ordem que foram eleitos: 1º Roque Santa Cruz (Paraguai); 2º Raúl (Espanha); 3º Figo (Portugal); 4º Cristiano Ronaldo (Portugal); 5º Thierry Henry (França).

Se estes são os 5 mais bonitos, garanto que se eu fosse ao Mundial quem ganhava isto era eu! :P

terça-feira, junho 06, 2006

Finalmente Justiça!

Se os Regulamentos dizem que quem violar determinada regra, é punido com descida de divisão, então o Gil Vicente que a puniu, deve descer! Finalmente assumiu esta decisão a Comissão Disciplinar da Liga, e com isto lá se mantém o Belenenses na Primeira Liga e desce o Gil Vicente à "segundona". Se até o próprio jogador envolvido no "caso Mateus", que é o próprio Mateus, afirmou que lhe foi dito pelos dirigentes do clube que poderia jogar, é porque tinham consciência do erro que estavam a cometer.
Acho muito bem que se comece a ter coragem para punir os clubes (mesmo os principais), por erros destes. Dura Lex Sed Lex, já diz o provérbio jurídico. Se a lei existe, por mais dura que seja, é para aplicar, e ninguém tem nada que chorar. Não adianta o Gil Vicente começar com o choradinho do costume, porque vai jogar na 2ª!
O processo foi de tal forma atípico, se comparado com a típica forma de o resolver à portuguesa, que até um dos dirigentes da Comissão que iria votar no Processo, pediu escusa, por ser familiar de um dirigente do Gil Vicente. Não é todos os dias que vemos estas coisas. Decidiu-se e bem, a favor do Belenenses.
Em 2004/05 foi por uma situação parecida que o Almada desceu da 3ª Divisão para os distritais. Acabou o campeonato acima do Farense, que era o clube imediatamente abaixo do Almada, e que ia descer, mas como utilizaram num jogo um jogador com a identificação de um outro (mal feita a inscrição do jogador), o clube mais popular do Concelho acabou por descer.
Agora é a vez de acontecer a um clube da Divisão principal do futebol português. No entanto, apesar de louvar esta sentença, questiono-me se aconteceria o mesmo caso Porto, Benfica ou Sporting cometessem a mesma infracção. Já no caso do apito dourado, a Juventus e o Milan possivelmente vão descer à Serie B, e o scudetto de 2004/05 será atribuído ao clube imediatamente abaixo na classificação, enquanto em Portugal ainda se indemniza os infractores... É mais uma coisinha que mostra a enorme distância a que estamos, de um mundo desenvolvido e de um campeonato ainda muito amador, que é dos raros no mundo ainda dirigido por uma Liga de Clubes e não pela Federação, como determinam as regras da FIFA. Dou outro exemplo ainda: em Inglaterra, o Gary Neville marcou um golo ao Liverpool e festejou perto dos adeptos do Liverpool. Resultado: foi punido com x número de jogos e com pena de multa de 30.000 euros. Em Portugal, o Sporting marca um golo ao Nacional, o Sá Pinto vai ao banco do Nacional provocá-los e... nada acontece. O Jardel (quando ainda jogava no Porto), passa pelos adeptos do Benfica e faz-lhes um manguito. Resultado? Nada acontece. Cristiano Ronaldo faz gesto menos obsceno do que o do Jardel, e é punido com 2 jogos de suspensão. Diferenças entre... o nosso 3º mundo, e o 1º.

segunda-feira, junho 05, 2006

Dia do Ambiente

Hoje, dia 5 de Junho, festeja-se o Dia do Ambiente. Quando eu era pequeno, nem se falava tanto em dia do Ambiente. Falava-se em Dia da Árvore. Este tipo de dias servem para sensibilizar as pessoas, para a existência de um Meio que deve ser protegido e cuidado. No entanto, era bom que o Dia do Ambiente fosse, não quando o homem quer mas, todos os dias.
Gostaria de alertar para a existência de energias alternativas, o combustível substituínte do petróleo (o hidrogénio, por exemplo), e ainda para as licenças emitidas para a emissão de Dióxido de Carbono.
O nosso Ambiente não anda com boa saúde, e lembrem-se que um simples cigarro, ou um papel deitado no chão, ou no mar (sobretudo este caso, onde uma simples pastilha demora 100 anos a deteriorar-se no mar), podem contribuir, em muito, para um Meio Ambiente desequilibrado.
Por estes lados, o Dia do Ambiente irá festejar-se no dia 14 de Junho.

domingo, junho 04, 2006

Perguntas do dia

Assistindo à final do Europeu de sub-21 no Porto, oiço os gritos "ucrania ucrania", e vejo dezenas de milhar de ucranianos nas bancadas.
As minhas perguntas são: Onde está o SEF? Se além do bilhete, lhes fosse pedido também o visto, será que a Selecção Ucraniana teria sequer metade do público ali presente?

A verdadeira selecção

Enquanto uns têm recepções apoteóticas em Portugal e Alemanha, outros, que são desvalorizados em Portugal e vistos como um bando de barrigas de vinho que só querem é fazer zero, tiveram uma recepção eufórica por parte de muitos que vêem neles a esperança para voltar a por o País na linha.
A recepção dos GNR em Timor, foi digna de uma verdadeira selecção a caminho do mundial. Acima de tudo tiveram a recepção que tiveram, porque são vistos com esperança e é-lhes dado o crédito que muitas vezes não lhes é dado em Portugal. Por causa de uns, pagam todos. É esta a sentença de todos os seres humanos. Nós, humanos, somos assim. Eu, pessoalmente, nunca dei grande valor à GNR, que também sempre vi na maioria dos seus membros, um grupo de BT's que querem é sacar multas e sacar dinheiro à malta. Mas, por outro lado, também reconheço que não têm o apoio devido, e estes meninos GNR têm uma eficácia enorme, por exemplo, a encontrar carros furtados, que por vezes vão parar à Conchichina! Ninguém os apoia, e não me refiro com isto a aspectos financeiros, mas até em credibilidade e palavras de apoio, ou mesmo respeito. Um polícia é uma autoridade, e se não é visto como tal, obviamente que se sente frustrado.
Queria então dar uma palavra de apoio e de incentivo aos GNR que foram para Timor, ajudar a lutar por uma causa que nós, portugueses, cobardemente abandonámos, aquando da invasão pela Indonésia, há cerca de 30 anos atrás. Timor é a única das ex-colónias portuguesas que não pediu independência a Portugal, antes viu-se invadido, e Portugal em vez de prestar apoio a outros que quiseram armar guerra connosco e nos quiseram expulsar, devia ter-se dedicado a este pequeno território do do Sudeste Asiático. Timor é, e sempre foi uma causa nossa, e acho que já era mais que tempo de pegar nesta colónia, em vez de a deixar ao Deus dará e à inércia australiana.
Força GNR, lutem com honra! Essa selecção tem, da minha parte, muito mais apoio do que a que está na Alemanha! Honrem vocês a nossa camisola. Não ganharão tanto como os que estão no Mundial, mas... vale o esforço e o risco que vão passar.

sábado, junho 03, 2006

O Poder da Burrice

Se há coisa a que assisto constantemente, é a ver tipos cujo maior sonho e ambição é ter uma gaja com um belo parzorro de mamas e uma bela de uma bilha! Querem lá saber se ela é simpática, inteligente, compreensiva, etc. Isso não interessa. Interessa é ser boa! E depois pensam que estão perante a mulher da sua vida. O problema é que se esquecem que a partir dos 30 aquela peitaça, que de tão arrebitada que é quase chega ao queixo, começa a descair por tudo quanto é lado, e o rabo ou começa a inchar, ou começa a cair ou ainda a desaparecer! E depois? Como é que é? Depois andam a admirar as outras, andam a ser ursos para as tais que já foram muito boas, e assim se estragam casamentos, namoros, vidas, casas, etc. É tudo uma questão de "saber escolher"!
Sinceramente, dispenso um belo par de mamas por uma mulher inteligente e meiga, e dispenso um bruto rabo por compreensão e simpatia. Há coisas que não compensam, e do meu ponto de vista, um corpo brutal não substitui as qualidades humanas e interiores que uma mulher tem. Já houve tempos em que realmente o que queria era "andar por aí a montar"! Agora, fazer disso a mulher da minha vida... calma lá! E depois há outra: as que se aguentam com o bruto corpo até aos 40/50 não pensem que são só vossas. Já diz o ditado: "Mulher boa e melancia, ninguém come sozinho"! Mas o poder de um corpo bom todos dias, de uma gaja que mostra um palmo acima do tornozelo é superior ao poder da inteligência que os homens supostamente deviam ter. Fiquem lá vocês com as vossas boas todos os dias, e disfrutem desses belos corpos enquanto eles são bons, que eu dou prioridade a outras coisas. É que, para mim, é 1000x mais sensual uma mulher que me seduza com a sua conversa, simpatia, atenção, compreensão, do que um rabo a abanar! Ainda há prioridades, e se der prioridade a estas coisas, ao fim de 2, 3 anos não sou como aquele tipo de casais que estão um com o outro, mas nem conversa têm. Só servem praticamente para as necessidades físicas. E, depois, essas pessoas sentem carências... que têm que compensar para outro lado.
Continuem a deixar o poder da burrice prevalecer, e continuem a fazer as escolhas erradas. Bem, erradas não é bem o termo. Porque as minhas prioridades, não têm que ser iguais às vossas. Mas... acreditem, há outras coisas na vida que compensam muito mais, e que dão muito mais felicidade do que um belo parzorro delas, e um belo de um bilhão.

quinta-feira, junho 01, 2006

Dia da Criança

Seguindo um pouco os "festejos" que os blogs Essência de Mulher e Manias estão a fazer no dia de hoje, decidi homenagear, também, um pouco da criança que há em mim, expondo uma foto minha de quando tinha 6 anos, e de quando fazia parte do Clube do Cangurik.
Aproveito e recordo que um pouco do que era naquela época, ainda mantenho nos dias de hoje. Todos temos o nosso lado criança dentro de nós, e por vezes sei que abuso. Mas, espero eu quando tiver os meus 50/60 anos, ainda poder manter a faceta de quando tinha 6 anos, e a eterna rebeldia e jovialidade!
Parabéns à criança que reside dentro de cada um de nós.