<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5636482\x26blogName\x3dAs+Coisas+Tal+Como+S%C3%A3o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ipsisverbis.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ipsisverbis.blogspot.com/\x26vt\x3d-1470493087469466946', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

domingo, janeiro 30, 2005

Dali

É com enorme tristeza que escrevo este post hoje. Furtaram 4 obras de Salvador Dali na Bélgica. As obras de um dos meus artistas preferidos, foram levadas e para não variar, ninguém sabe por quem. Aguardo que sejam restituídas, para que o mundo da arte não perca para ladrões ou traficantes de arte, magníficas peças.

terça-feira, janeiro 25, 2005

O Bom Kharma

Mais uma vez, decido postar uma mensagem maravilhosa que recebi e que decidi partilhar com todos aqueles que seguem o meu blog. Espero que a recebam e aproveitem ao máximo, afinal, a sabedoria do Dalai Lama ensina-nos muito, independentemente de credos religiosos, superstições, ou outros afins que cada um de nós tenha, ou... não.
1- Toma em conta que um grande amor, ou uma grande realização, implicam grandes riscos;
2- Quando perderes, pelo menos não percas a lição;
3- Segue os 3 R's:
- Respeito por ti;
- Respeito pelos outros;
- Responsabilidade por todos os teus actos.
4- Lembra-te que não ter tudo o que se deseja é, por vezes, um magnífico golpe de sorte;
5- Aprende bem as regras para saberes como infringi-las correctamente;
6- Não deixes que uma pequena disputa estrague uma grande relação;
7- Se descobrires que te enganaste, faz logo a correcção;
8- Todos os dias, passa algum tempo sozinho;
9- Abre os braços à mudança, mas não percas os teus valores;
10- Lembra-te que o silêncio, é às vezes, a melhor resposta;
11- Leva uma vida boa e honrada. Quando fores velho, será possível revivê-la uma segunda vez.
12- Uma atmosfera de amor em tua casa é o alicerce da tua vida;
13- Em disputas com os teus queridos, trata só do caso corrente. Não vás buscar queixas do passado;
14- Partilha o teu saber. É uma forma de alcançar a imortalidade;
15- Sê suave com a Terra;
16- Uma vez por ano, vai a um sítio onde nunca tenhas estado;
17- Lembra-te que a melhor relação é aquela em que o amor excede a necessidade;
18- Avalia o teu sucesso por tudo a que tiveste de renunciar para o alcançar;
19- Ao amor e ao cozinhar, aborda-os com naturalidade audaciosa.

Dalai Lama



Para quem não sabe o significado de "kharma", fica a explicação:
Karma (sânscrito: “acções”): Na filosofia indiana é a soma das acções (boas ou más) de um indivíduo, que estão ligadas à alma quando esta transmigra, sendo que cada novo corpo (e cada acontecimento experimentado por esse corpo) será condicionado pelo karma anterior.

domingo, janeiro 23, 2005

Fico assim sem você

"Avião sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola. Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você

Porque é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo o instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim

Amor sem beijinho,
Buchecha sem Claudinho,
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço, namoro sem abraço
Sou eu assim sem você
Estou louco pra te ver chegar
Estou louco pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço, retomar o pedaço
Que falta no meu coração

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
mas o relógio está de mal comigo, porquê?

Neném sem chupeta, Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada, queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você

Porque é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo o instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio está de mal comigo

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio está de mal comigo, porquê?"



Adriana Calcanhoto

terça-feira, janeiro 11, 2005

O sonho comanda-nos!

"Eles não sabem nem sonham
que o sonho comanda a vida
e que sempre que um Homem sonha
o Mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança"


António Gedeão

Eu sonho e tu sabes qual é o meu sonho!